sábado, 6 de fevereiro de 2010

Dos desafios e selos



Se o Lobinho certifica, a menina acredita. Obrigada, Kelle.




Questão 1: Tens medo de quê?
De perder o meu pai: não saberia viver sem ele e de não poder ter filhos biológicos: uma das minhas realizações como mulher.

Questão 2: Tens algum guilty pleasure?
Dormir é o meu maior guilty pleasure. Sou uma preguiçosa de primeira e adoro fazer snooze e ficar mais 10 minutos na cama. "Deus ajuda a quem cedo madruga" nunca foi meu lema.

Questão 3: Farias alguma loucura por amor/amizade?
Loucura?? Assim de repente, não me lembro. Já fiz muito por amor e por amizade, mas não sei se podem ser chamadas de loucura. Se bem que, "de médico e louco, todos temos um pouco".

Questão 4: Qual o teu maior sonho? Responder paz, amor e felicidade é trapacear;)
Ter um filho. Parece fácil, eu sei, mas queria ter um filho e poder ter tempo para estar com ele.

Questão 5: Nos momentos de tristeza/abatimento, isolas-te ou preferes colo?
Eu prefiro ficar sozinha e não adianta tentarem dar-me colo que não funciona. Sou mais me and myself.

Questão 6: Entre uma pessoa extrovertida e uma introvertida, qual seria a escolha abstracta?
Extrovertida.

Questão 7: Sentes-te bem na vida, ou há insatisfação além do desejável?
Sinto-me bem na vida. Tenho emprego, saúde, casa para viver, amo e sou amada. Contudo, sinto falta da minha família e dos amigos de sempre.

Questão 8: Consideras-te mais crítico ou ponderado? Sabendo, contudo, que existem críticas ponderadas.
Depende da relação que tenho com o criticado. Se estiver à vontade, não me coíbo de fazer uma boa crítica, mas se for alguém que conheço assim-assim, pondero antes de abrir a boca.

Questão 9: Julgas-te impulsivo, de fazer filmes, paciente...? Define-te, de uma forma geral.
Sou impulsiva e precipitada: o meu agir é mais rápido que o meu pensar. Sou bastante impaciente e "quem espera sempre alcança" não funciona comigo.

Questão 10: Consegues desejar mal a alguém e, normalmente, concretizar? Sê sincero.
Se desejar mal a alguém, normalmente, é algo tão ruím que não conseguiria concretizar, ainda que quisesse.

Questão 11: Contens-te publicamente em manifestações de afecto (abraçar, beijar, rir alto...)?
Não sou a pessoa mais meiga do mundo e é muito raro andar em manifestações públicas de afecto. No entanto, há pequenos gestos que sabem sempre bem.

Questão 12: Qual o teu lado mais acentuado? Orgulho ou teimosia?
Não consigo escolher entre os dois: sou extremamente orgulhosa e ridículamente teimosa.

Questão 13: Casamentos homossexuais e direito à adopção?
Duas pessoas adultas podem casar, viver junto, namorar ou fazer o que lhes der na real gana. Quanto à adopção, como há mais uma pessoa envolvida, tenho as minhas reservas.

Questão 14: O que te faz continuar o blogue?
Não tenho resposta para esta pergunta. Gosto de escrever e é uma espécie de diário 2.0.

Questão 15: O número de visitas e comentários influencia o teu blogue?
Se gosto que o blog tenha visitantes e comentários? Claro que gosto. Se deixo de escrever sobre este assunto ou dar a minha opinião sobre aquele filme/livro, por causa deste ou daquele visitante? Não. Antes de mais, o blog é meu. É a minha home page (trocadilho foleiro, eu sei).

Questão 16: Na tua blogosfera pessoal e ideal, como seria?
Numa blogosfera ideial, a entrada seria barrada às pessoas que usam o anonimato para insultar os outros.

Questão 17: Deviam haver encontros de bloguistas? Caso sim, em que moldes? Caso não, porquê?
Não vejo nenhum propósito num encontro de bloguistas: quebrava a magia.

Questão 18: Sabes brincar contigo e rir com quem brinca contigo? Sem ironias.
Depende sempre do meu mood, da forma como brincam ou riem de mim e de quem brinca ou ri de mim.

Questão 19: Quais são os teus maiores defeitos?
A tendência em deixar para amanhã o que podia fazer hoje, o excesso de orgulho e teimosia (sim, porque acho que orgulho e teimosia q.b são são defeitos).

Questão 20: Em que aspectos te elogiam e/ou achas ter potencialidades e mesmo orgulho nisso?
Gosto de liderar, por isso, sempre que é preciso organizar qualquer coisa gosto de estar na linha da frente. Sou organizada, amiga e boa ouvinte.

Questão 21: Entre uma televisão, um computador e um telemóvel, o que escolherias?
Um computador porque, apesar de ser o meu material de trabalho e muitas vezes quero mandá-lo janela fora, traz para perto os meus amigos que estão longe, serve de telemóvel e faz de televisão.

Questão 22: Elogias ou guardas para ti?
Quando sei que o elogio não vai subir à cabeça do elogiado, elogio, caso contrário, guardo para mim até segundas ordens.

Questão 23: Tens humildade suficiente para te desculpar, sem ser indirectamente?
A umas pessoas mais que outras, mas sim.

Questão 24: Consideras-te, de grosso modo, uma pessoa sensível ou pragmática?
Sensível, eu?? Nadinha, nadinha.

Questão 25: Perdoas com facilidade?
"Errar é humano, perdoar é divino", mas quem me conhece sabe que nunca fui dada a divindades.

Questão 26: Qual o teu maior pesadelo ou o que mais te preocupa?
Preocupa-me o facto de ter falta de tempo, de estar a ficar velha para certas coisas, de haver instabilidade económica, de perder pessoas que amo, de ter perdido o caminho até certas pessoas ... e tantas coisas mais.

Queres reflectir sobre ti e partilhar o resultado com a blogosfera? Então, este desafio é dirigido a ti.

2 Comentário(s):

patxocas 11:36 da tarde, fevereiro 07, 2010  

Eu estou a ganhar o teu guilty pleasure... eu que dormia só 3 horas por noite e ficava bem. :) Gosto da tua resposta na 5 e identifico-me com ela.
E ao contrário de ti, na 25 eu perdoo... No entanto, posso perdoar mas esquecer nunca... e aí entram as minhas bocas foleiras de vez em quando. :P

Mary 11:56 da tarde, fevereiro 07, 2010  

Patxocas, eu costumo dizer que perdoo não pedoando, ou seja, perdoo, mas não esqueço.
Dormir é tão bom.

Fico à espera para ler as tuas respostas.

  © Blogger template 'Morning Drink' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP