quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Ainda dos blogs que gosto....


Trabalho num sítio que se pode considerar um paraíso. Sobretudo em matéria de colegas. Adoro toda a gente. Mesmo. Cada pessoa à sua maneira. Cada uma diferente da outra. Todas completamente adoráveis. Se precisar de um qualquer favor, vêm logo quatro ou cinco para mo fazer. Há magia ali. Por isso quando me dizem que muita mulher junta dá confusão, e quando me vêm com aquela história horrível, deprimente, vergonhosa, inadmíssivel, de que as mulheres são sempre cabras umas para as outras, eu encho-me de urticária e desato logo a responder que não, que não é bem assim. É que continuo a achar que mais do que mulheres e homens, há pessoas. E, lá está, há pessoas boas e pessoas más.
[Pergunta de Semana #11 - As mulheres são mesmo mazinhas umas para as outras?, in O Amor é um lugar estranho]

De mulher para mulher, sobre mulheres.

4 Comentário(s):

Olhos Dourados 11:14 da manhã, fevereiro 10, 2010  

Se calhar há algumas assim, mas não quer dizer que sejam todas.

patxocas 1:01 da tarde, fevereiro 10, 2010  

Que as há, há!
Conheço umas que só se sentem bem se tiverem ódios de estimação. É tão esquisito!
Sinceramente, estou tão habituada a trabalhar com homens que nem consigo responder-te à pergunta.

Di 4:36 da tarde, fevereiro 10, 2010  

Tal como dizes "há pessoas boas e pessoas más" em todo o lado. Passa-se o mesmo com as mulheres :)
Olha, lê o meu último post se quiseres e tens aí a resposta.
Tenho pessoas maravilhosas na minha vida e conheço alguém novo todos os dias, mas há sempre aquele grupinho que nos põe os cabelos em pé se deixarmos.

Beijinhos*

Mary 5:56 da tarde, fevereiro 10, 2010  

Olhos dourados, o problema são as generalizações.

Patxocas, eu também estou mais habituada a trabalhar com homens e prefiro assim.

Di, antes de mais, obrigada pela visita.
O texto não é meu, mas concordo com a Kitty Fane.
Assim que tiver um tempinho, prometo que passo no teu blog.

  © Blogger template 'Morning Drink' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP