sábado, 16 de janeiro de 2010

Dos ídolos - parte II

Versados que estão os temas apresentadores e jurados dos ídolos, é hora de dissertar sobre o núcleo forte do programa: os concorrentes (para simplificar as coisas, só vou comentar os que ainda estão em concurso.)

Inês - 16 anos
Apesar de bastante nova, há várias pessoas que apelidam-na de pequena Björk. Tem uma voz poderosa, mas não morro de amores por ela.
Ainda não estou convencida que possa ser uma menina versátil e acho que não pode ser enquadrada no perfil pop que o programa procura.



Solange - 16 anos
Devido aos seus desempenhos na fase de castings, chegou a figurar, durante muito tempo, no meu top 3 de preferências. No entanto, à medida que o programa avança, tenho notado a sua estagnação e tenho dúvidas que tenha mais a mostrar.
Tem uma voz doce e uma presença de palco maior que a sua idade. Falta-lhe crescer mais alguns anos.

Carlos - 17 anos
É o típico artista pop e o target do programa: jovem, com um look diferente, que canta, que dança, que esperneia, que salta, que sacode o cabelo, etc.
Nunca gostei dele, mas reconheço que ele tem uma estratégia e isso reflecte-se nas suas escolhas musicais e nas suas entrevistas.
Arrisco a dizer que ele será o próximo ídolo de Portugal.

Filipe - 21 anos
Tímido, humilde, amigo do ambiente e dono de uma voz que não deixa ninguém indiferente. É um dos meus favoritos (juntamente com a Diana).
Ao contrário da Solange, ele tem vindo a crescer a cada gala. Está mais solto e isso é notório na forma como se movimenta no palco e interage com o público.


Diana - 24 anos
É a mais velha e isso está patente no seu comportamento como pessoa e como cantora. Ela é a artista do programa. Canta com a alma, sabe estar num palco e envolve o público nas suas actuações.
Poderá ser prejudicada por ser sobrinha do Manel, mas se houvesse justiça na votação do público, ela seria, sem margens para dúvidas, a vencedora.

Dos restantes finalistas, gostava da Catarina (um vozeirão) e da Carolina (pela voz, presença no palco e personalidade).

Cenas do próximo capítulo: polémicas.

4 Comentário(s):

patxocas 1:38 da tarde, janeiro 17, 2010  

Tenho por hábito pegar sempre numa revista quando estou na fila para pagar no hipermercado. Ontem peguei na Nova Gente e lá estava uma mini entrevista com a Solange. Não gostei muito de alguma coisa que li. Disse que o Filipe é que iria ganhar só porque tem cara de menino bonito.
E disse mais umas coisinhas que não me agradou. Sei que tem apenas 16 anos, mas, estando num programa como os ìdolos temos que ter mais tento à língua.
Por mim, e sem ver a gala de hoje, ela saía. :)

Mary 1:40 da tarde, janeiro 17, 2010  

Patxocas, para mim também ia para casa hoje. Ela ainda é muito nova e não está preparada para ser o centro das atenções.

The Star 6:42 da tarde, janeiro 17, 2010  

Olá, companheiras de twitter de Domingo à noite. Logo temos mais uma sessão! ;)

Desde a semana passada que a Diana subiu, ainda mais, na minha consideração. Se o Ídolos tivesse terminado na semana passada, ela seria a minha vencedora.
Mas desde os castings que tenho 2 rapazes como meus favoritos, o Filipe e o Carlos.
O Filipe desde que levou a sua viola e encantou com a sua voz rouca nos castings, que acho que nunca me desiludiu, apenas na semana passada não foi além do que já nos mostrou até ali.
O Carlos pode ser "azeiteiro", "foleiro" ou "pimba", o que é certo é que é dotado de uma grande voz e uma grande capacidade de entretenimento. Nenhum outro concorrente consegue correr, descer escadas ou fazer o pino ao mesmo tempo que canta sem que isso se sinta na voz. Na semana passada apenas gostei da sua actuação a partir de metade da música, mas terminou em grande, como sempre. Começo é a notar que lhe falta um pouco de alma e sentimento em cada actuação. Mas acho que está perfeito para musicais.
A Inês desde o início é a que menos se encaixa naquele conjunto, na minha opinião, claro! Mas a semana passada relevou ser uma Inês mais solta, onde nos mostrou a sua voz, coisa que ainda não tinha feito.
A Solange na 1ª actuação de galas, foi uma das minhas favoritas, mas depressa foi perdendo algum brilho.
Eu adorava a Carolina, grande voz, grande domínio do palco, apenas pecou sempre pelas escolhas das músicas, pouco conhecidas do público, mas que de um modo geral, a mim me agradaram sempre. Achei muito injusta a sua saída.
Resumindo e baralhando, tirando a Inês e a Solange, ganhe o melhor. E hoje por mim saia uma delas. A ver vamos!

Luís Nascimento 8:53 da tarde, janeiro 19, 2010  

www.emma-actividades-musicais.pt

  © Blogger template 'Morning Drink' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP