domingo, 2 de agosto de 2009

Book@Prata#1

Título: Monólogos da Vagina, Eve Ensler.
Sinopse: Os Monólogos da Vagina dispensam apresentações. Representada em palcos de todo o mundo por actrizes tão famosas como Jane Fonda e Meryl Streep, a obra-prima de Eve Ensler é uma viagem hilariante e tocante pelos indecifráveis confins da mente e do corpo femininos. Dá voz aos mais profundos temores e fantasias de mulheres reais, à sua irreverência e espirituosidade.
Tidos como a bíblia de uma nova geração de mulheres, estes monólogos de intimidades e vulnerabilidades comoverão e divertirão o leitor. Esta edição comemorativa que celebra os dez anos do Dia-V, inclui cinco monólogos inéditos, uma nova introdução da autora e uma fascinante história dos dez anos deste fenómeno teatral. (in, Wook)

O livro versa as experiências, vivências e convivências das mulheres com a sua vagina, bem como a total ausência das mesmas. Dividido em duas partes, os monólogos da vagina e os monólogos de alerta retratam os mais variados temas, de que são exemplos: mutilação genital, violação, "Mulheres de Conforto", tabus sociais, pêlos, violência doméstica, homossexualidade, transexualidade, etc.
O meu monólogo favorito é o dedicado às milhares de mulheres que, durante a 2ª Guerra Mundial, foram obrigadas a prostituírem-se em bordéis japoneses. Ficaram conhecidas como "Mulheres de Conforto".

Com a leitura, fica-se ainda a conhecer a organização criada, em 1998, pela Eve e um grupo de pessoas, a que deram o nome de V-Day.
"V-Day is a global movement to stop violence against women and girls. V-Day is a catalyst that promotes creative events to increase awareness, raise money and revitalize the spirit of existing anti-violence organizations. V-Day generates broader attention for the fight to stop violence against women and girls, including rape, battery, incest, female genital mutilation (FGM) and sexual slavery."

Tocante. Informativo. Verdadeiro. Divertido. Cruel. Um ode às Mulheres e às suas "partes baixas".

Book@Prata#2: o livro que se segue foi comprado muito por causa dos rasgados elogios que tem suscitado, por parte daqueles que o lêem. Apresento-vos o primeiro romance de Aravind Adiga, O Tigre Branco.

5 Comentário(s):

Canochinha 11:12 da tarde, agosto 02, 2009  

Cá para mim ainda vais para a platina :)

Ah, e já li "O Tigre Branco"... Muito bom! ;)

Mary 11:39 da manhã, agosto 03, 2009  

Canochinha, i hope so.
Quanto ao livro, das poucas páginas que li, estou a gostar bastante, principalmente das piadas.

Shakti 5:53 da tarde, agosto 03, 2009  

Eu ando feita numa malandra no k diz respeito à leitura. Ter um bebe d 2 anos, n é facil, mas fikei curiosa em relação ao monologos da vagina, até k relativo à minha falta d cultura pensava k era apenas uma peça d teatro... :|
beijocas linda!

Boa semana!

The Star 8:03 da tarde, agosto 03, 2009  

Gostaste do livro, muito bem. E quanto à peça de teatro, chegaste a ver?
Estive para ir ver, mas depois não se proporcionou, mas quem foi adorou. Gostava de ter visto. Talvez voltem a repor!

Mary 8:38 da tarde, agosto 03, 2009  

Star, ainda não vi a peça. Estou à espera que saiam de Lisboa e venham para mais perto.

  © Blogger template 'Morning Drink' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP