segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Movie@sofá #16

Título: The Bucket List (em português, Nunca é Tarde Demais)
Ano: 2008
Realizador: Rob Reiner
Género: Comédia, Drama
Elenco Principal: Jack Nicholson, Morgan Freeman, Sean Hayes
Sinopse: O executivo multi-milionário Edward Cole (Jack Nicholson) e o mecânico da classe operária Carter Chambers (Morgan Freeman) vivem em mundos muito diferentes. Numa reviravolta do destino, os seus destinos cruzam-se num quarto de hospital e descobrem que têm duas coisas em comum: um desejo de gastar o tempo que lhes resta a fazer tudo aquilo que sempre desejaram e uma necessidade inconsciente de se aceitar tal como são. Juntos embarcam numa viagem única, tornando-se amigos e aprendendo a viver a vida no seu melhor, com sensatez e humor. Cada uma das aventuras elimina uma das alíneas da lista. (in PTGate).

Carter Chambers: Even now I cannot understand the measure of a life, but I can tell you this. I know that when he died, his eyes were closed and his heart was open. And I'm pretty sure he was happy with his final resting place, because he was buried on the mountain. And that was against the law.


Trailer:


Pontos Mary: 7.0 em 10.

Considerações gerais: juntar no mesmo filme Jack Nicholson e Morgan Freeman é meio caminho andado para o sucesso do mesmo. E se à dupla acrescentarem um bom argumento, uma história tocante, piadas engraçadas, uma fotografia fantástica e diálogos inteligentes, fica tudo dito. Um filme para fazer-nos pensar nas coisas que gostariamos de fazer antes de partir desta para uma melhor.
A Mary recomenda o filme de preferência na companhia de alguém e naqueles dias em que nada parece valer a pena.

Palavra-chave: aproveitar!

6 Comentário(s):

Isabel 9:22 da manhã, agosto 20, 2008  

Subscrevo totalmente! Adorei o filme! :)

Paulo 2:02 da tarde, agosto 20, 2008  

O filme é muito bom. Divertido e dramático. Simples, mas eficaz.
Só 7 em 10? :)
Comigo foi 9 ;)

Mary 2:10 da tarde, agosto 20, 2008  

Paulo, as minhas pontuações são ponderadas e sempre relativas, por isso, acho que um 7 é BOM.
:-)

Quando recomendava o filme a uns amigos, disse-lhes: a genialidade do filme está na sua simplicidade.

Canochinha 11:03 da tarde, agosto 26, 2008  

Fui ver este filme ao cinema e adorei! Chorei a rir (especialmente na cena do pára-quedas) e no final chorei mesmo por chorar... Muito bom!

Cristina 10:11 da manhã, setembro 01, 2008  

Grande filme! Fiquei com as lágrimas nos olhos... Se tivesse de fazer uma lista, meu Deus, acho que nem conseguia. Quão arrepiante deve ser saber que estamos à beira da morte?

Mary 10:54 da manhã, setembro 01, 2008  

Eu já pensei em fazer uma to-do list, não de coisas que gostava de fazer antes de morrer, mas com prazos de validade bem mais curtos, como por exemplo: 1, 2 ou 5 anos. Vou pensar nisso!

  © Blogger template 'Morning Drink' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP